quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

A “quadrilha” do mensalão "festeja" em pleno carnaval.

Entre conceitos de quadrilha e o carnaval, 
Texto: Rafael Dantas.
Imagem: André Coelho / Agência O Globo.

Em um curto momento de festa, que para muitos, parece ser mais importante do que outras questões em nosso país. A última decisão do STF é só mais uma sem a menor relevância, afinal estamos no “país do Carnaval.”  

Pronunciamento de Joaquim Barbosa em 27 de Fevereiro de 2014.

 
“Agora inventou-se um conceito fantasioso e discriminatório para um crime de quadrilha. Segundo esse novo conceito são suscetíveis de enquadramento na prática do crime de quadrilha, somente aqueles seguimentos sociais dotados de certas características sócio antropológicas, aqueles que rotineiramente incorrem na prática de certos delitos, como os crimes de sangue ou os crimes contra o patrimônio privado. Criou-se com isso um novo determinismo social.”
Ministro Joaquim Barbosa. 27 de Fevereiro de 2014.
 
Não prolongarei minhas palavras, serei mais objetivo, e deixarei que o pronunciamento do excelentíssimo Ministro Joaquim Barbosa elucide o ocorrido. Infelizmente voto a voto um ar de descrédito ronda a “Justiça” do Alfredo Ceschatti, Brasília há tempos está imersa.
 
"As pessoas são tratadas de forma diferente de acordo com seu status, sua cor de pele e o dinheiro que tem. Tudo isso tem um papel enorme no sistema judicial e especialmente na impunidade"
Ministro Joaquim Barbosa. 3 de Maio de 2013.
 
Realmente estamos em um momento de festas e comemorações. Só pergunto o que é que tanto comemoramos, há tantos anos, sem acabarmos com as inúmeras tristezas da nação. Realmente parece que vivemos em um carnaval.
 
Textos citados:
Vídeo publicado no You tube:

Nenhum comentário:

Postar um comentário